topo motores.png

MOTORES

O setor industrial brasileiro consome cerca de 40% da energia elétrica do país e 70% da energia utilizada na indústria é consumida por motores elétricos. Como iniciativa para redução do consumo de energia, em 2009 entrou em vigor a portaria nº 553, que estabelece níveis mínimos de rendimentos para máquinas e equipamentos.
Em complemento à lei, em 2013 foi revisada a Norma NBR 17094-1 que especifica valores mínimos de rendimento para duas classes de produtos: IR2 e IR3. Desta forma, fabricantes de máquinas e consumidores finais devem utilizar produtos que atendam, ao menos, a este nível de rendimento.
Em agosto de 2019 entrou em vigor a nova lei, que determina o nível mínimo de rendimento em IR3, além da ampliação da faixa de potência, que passa a incluir os motores de 0,16 a 500 cv, de 2 a 8 polos – válido para todos os motores comercializados, sejam novos ou usados.
Com essa definição, o Brasil passa a ser um dos pioneiros na adoção de um nível mínimo de rendimento para motores trifásicos fracionários, junto a países como os Estados Unidos e Canadá.

IR3 Premium

 

Motor que atende o índice de rendimento IR3 exigido pela legislação vigente.
Linhas Disponíveis: W22 IR3 Premium (motor de indução), W22 WELL IR3 Premium, W22 Mining IR3 Premium, W22 Wash IR3 Premium, W22 Motofreio IR3 Premium, W22 Bomba Monobloco IR3 Premium, W22 para Redutor Tipo 1 IR3 Premium, W22Xn IR3 Premium, W22Xtb IR3 Premium e W22Xd IR3 Premium.

MOTOR COM IR3.png